Governo do Distrito Federal já derrubou mais de 30 igrejas - Notícias - Instituto Jetro

carregando...

Governo do Distrito Federal já derrubou mais de 30 igrejas


Publicado em 22.11.2017

Mais de 30 igrejas foram derrubadas por ordem da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis), ligada ao governo do DF, nos últimos três anos. De acordo com dados emitidos pelo órgão, 32 templos foram demolidos - em sua maioria, evangélicos, como da Assembleia de Deus e Batista.

O fato de o governo do Distrito Federal (GDF) não emitir nenhum comunicado prévio às derrubadas foi considerado como intolerância por representantes das instituições religiosas. Políticos também reclamaram da atitude da agência.

- É perseguição a quem prega valores; eles odeiam as coisas de Deus - disse o senador Magno Malta (PR-ES) em entrevista ao canal RedeTV, quando também falou que o GDF "não tem palavra".

De acordo com o advogado da Assembleia de Deus Madureira, Daniel de Castro, o governo fez alguns telefonemas, mas que não houve tempo hábil para a retirada da igreja e que o GDF age como "justiceiro" e "sendo seletivo".

Segundo o artigo 178 do Código de Edificações do DF, no qual a Agefis se baseia, "a demolição total ou parcial da obra será imposta ao infrator quando se tratar de construção em desacordo com a legislação e não for passível de alteração do projeto". A lei ainda completa, "o infrator será comunicado a efetuar a demolição no prazo de até trinta dias, exceto quando a construção ocorrer em área pública, na qual cabe ação imediata".

O GDF declarou, em reunião com líderes religiosos em outubro, que não faria mais derrubadas sem aviso prévio. No entanto, outros casos foram denunciados pelo Distrito Federal.

Fonte: Pleno.news, 13/ 11/ 2017

O conteúdo das notícias é de responsabilidade de seus respectivos autores e veículo de comunicação, não refletindo necessariamente a opinião do Instituto Jetro.