O líder que as pessoas seguem - Entrevistas - Instituto Jetro

carregando...

O líder que as pessoas seguem

Gleidson Costa
Publicado em 16.04.2013
"Vem e segue-me" foi uma expressão usada por Jesus algumas vezes ao convidar pessoas a viverem debaixo da sua liderança. Ser líder é, essencialmente, ter a capacidade de influenciar positivamente as pessoas a seguirem seu modelo e estilo de vida. Foi-se o tempo em que as pessoas ficavam submissas por causa do medo e do poder de seu líder. Então, que tipo de líder as pessoas seguem?

Esta foi a pergunta que gerou o livro: "O líder que as pessoas seguem: princípios práticos para você se tornar um líder" de Gleidson Costa.

Gleidson é graduado em Teologia pelo Seminário Presbiteriana Renovado do Brasil e Pedagogia pela UESB, Personal e Executive Coaching pelo Instituto de Coaching Integrado de São Paulo , pastor titular da Igreja Presbiteriana  Renovada Central de Cuiabá - MT. Contato com o autor pelo gleidsoncostalider@hotmail.com


Segue abaixo a entrevista na íntegra do 
Instituto Jetro com o autor.

Foto de Gleidson Costa 
Quais as características que deveriam existir num líder digno de ser seguido?

Pr. Gleidson - As mesmas que Jesus usou para justificar porque os seus discípulos deveriam segui-lo: mansidão e humildade. A mansidão é a capacidade de ter a suas forças sob controle e a humildade que não é o pensar menos de si, mas reconhecer o seu próprio valor à medida que reconhece o valor do outro. Um líder humilde é também um aprendiz.

Quais os desafios da autoliderança e da liderança servidora?

Pr. Gleidson - Quem melhor definiu o desafio da autoliderança foi Aristóteles: "Qualquer um pode zangar-se - isso é facil. Mas zangar-se com a pessoa certa, na medida certa, na hora certa, pelo motivo certo e da maneira certa - não é fácil". Ser lento para irar-se, pensar muito antes de agir é o maior desafio da liderança de si mesmo, foi exatamente por falta disso em um momento crucial que Moisés, o homem mais manso da terra, perdeu o seu direito de entrar na Terra Prometida.

Por outro lado, o desafio da liderança servidora é a consciência de que servir é uma demonstração de grandeza e não de baixeza. Jesus não serviu apesar de ser grande, Ele serviu porque era grande. Somente os grandes e nobres servem.

Só atitude basta como força para determinar o sucesso ou fracasso dos indivíduos?

Pr. Gleidson - Costumo dizer aos meus líderes e outros profissionais que o sucesso se faz com CHA: Conhecimento, habilidade e atitude. O conhecimento é o que eu devo saber. A habilidade é como eu devo fazer e a atitude é o querer fazer. Muitos têm conhecimento (formaram-se nas melhores escolas), têm habilidade (foram bem treinados), mas falta-lhes o diferencial: A atitude ( o querer fazer), acredito que quem quer dá um jeito, quem não quer dá uma desculpa.

Poderia falar um pouco sobre a competência emocional na liderança?

Pr. Gleidson - Competência emocional implica em não ser pressionado pelo estresse e não entregar seu poder de autocontrole a quem quer que seja. Habilidade de relacionamento interpessoal, capacidade de liderança, administração do estresse, motivação, equilíbrio emocional, assertividade e boa comunicação são alguns exemplos de diferentes competências emocionais.

Quais são as 6 características fundamentais para alguém que tem o privilégio de ser um mentor de outros?

Pr. Gleidson - Bem, difícil listar em poucas palavras. As empresas e as universidades já usam há um bom tempo a mentoria, as igrejas estão (re)descobrindo há pouco tempo. No contexto cristão, definimos um mentor, como alguém que acredita em outra pessoa, enxergando possibilidades além do que ela percebe, apoiando-a e nutrindo-a, desafiando-a e alavancando-a para seu pleno potencial dentro dos propósitos de Deus, para sua vida e ministério. Um bom mentor precisa: 1) gostar de ajudar as pessoas, 2) é tanto um bom professor quanto um bom aluno, ou seja está sempre querendo aprender. 3) Pratica a escuta ativa que é a capacidade de ouvir não somente as palavras, mas os sentimentos dos seus mentoreados, 4) é uma pessoa assertiva, capaz de expressar sua ideias e opiniões com franqueza e sinceridade, mas respeitando o direito do outro. 5) Tem conhecimento e experiência no que faz. E, 6) Sabe a hora de deixar o seu pupilo fazer as coisas por si mesmo.

No capítulo 1 do livro, Jesus, Davi, Luther King são citados como líderes que as pessoas seguiam e estavam dispostas a "atravessar paredes" por eles e pelas causas que defendiam. Como conseguir isto? Será que eu poderia encontrar alguém em minha equipe de trabalho capaz de não medir esforços?

Pr. Gleidson - Qualquer líder pode conseguir o que Davi e Luther King conseguiram desde que tenham uma causa que seja nobre e para o bem comum. Muitos líderes hoje em dia fizeram de si mesmos a própria causa. Eles se servem do poder, mas não usam do poder para servir aos outros. A liderança de Davi uniu a nação de Israel, a causa de Luther King mobilizou a nação norte-americana pelos direitos civis dos negros. Um líder também precisa aprender a reconhecer os méritos e dar os créditos aqueles que estão ao seu lado e que o ajudaram a crescer como fez o rei Davi. Ainda existem pessoas capazes de "atravessar paredes" por líderes cujas causas sejam maiores do que eles e que sobrevivam depois deles.

Quais os conselhos para líderes e pastores quanto à sua liderança?

Pr. Gleidson - A liderança é a chave para o crescimento saudável e sustentável de qualquer organização (igreja ou empresa). Dediquem tempo com seus líderes, façam reuniões em grupos, mas os atendam em particular. Ouçam-nos. Leiam, anualmente, pelo menos dois livros sobre liderança e motivem seus liderados a fazerem o mesmo. Participem e realizem bons congressos que contribuam para a boa formação teológica, técnica e ministerial de seus liderados. Promovam retiros e reuniões de confraternização entre os seus liderados para uma melhor descontração, conhecimento mútuo e troca de experiências.  Não tenham pena de investir muito dinheiro mesmo na formação de pessoas, pois se a "educação custa caro, tente experimentar a ignorância".

Reprodução Autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado o autor e o site http://www.institutojetro.com e comunicada sua utilização através do e-mail artigos@institutojetro.com

Leia Também
O que se espera de um líder
Ser um líder-servo
Lidere-se

URL: http://www.institutojetro.com/entrevistas/entrevistas/o-lider-que-as-pessoas-seguem/
Site: www.institutojetro.com
Título do artigo: O líder que as pessoas seguem
Autor:


Comentários