Instituto Jetro e novo site: mudando para melhor - Entrevistas - Instituto Jetro

carregando...

Instituto Jetro e novo site: mudando para melhor

Entrevista com Adriana Pasello
Publicado em 15.07.2006

Adriana Pasello é coordenadora do Instituto Jetro e está à frente do projeto do novo site. Há seis meses, ela vem dirigindo um trabalho intenso e cheio de detalhes, visando mais qualidade e eficácia neste veículo que tem alcançado milhares de líderes e ministérios. Veja aqui o que motivou as mudanças no Instituto e conseqüentemente nosite.

A principal ação do Instituto Jetro neste primeiro semestre está sendo a reformulação do site. Qual o impacto esperado e o que motivou a mudança?

foto de Adriana Pasello
Adriana - A reformulação de nosso site de fato está mobilizando todo Instituto. Só que é importante esclarecer que não estamos reformulando. Nós estamos construindo um site novo. Nosso primeiro site foi lançado em 2002 e precisava ser modificado totalmente para que estivesse afinado com a evolução do Instituto ao longo dos anos. Nós, como qualquer outra organização, fomos nos adaptando aos desafios ministeriais que foram surgindo, deixando alguns serviços de lado em alguns casos e acrescentando outros novos. A nossa maior motivação foi então lançar um site que refletisse quem e o quê o Instituto Jetro é hoje. Cremos que o impacto será grande pelo fato de que ofereceremos mais interatividade, facilidade de navegação e atualização. Estivemos todo o primeiro semestre mobilizados nesse projeto e isso só foi possível porque não realizaremos a conferência de gestão ministerial em 2006, cuja organização demandaria total atenção e dedicação.

Como foi o processo de crescimento e fortalecimento deste veículo de comunicação?

Adriana - Criar e manter um site foi algo que nasceu junto com o Instituto e com a necessidade de divulgar o que fazemos de forma mais ampla. Queremos levar conhecimento e informações sobre gestão ministerial e liderança para toda a igreja brasileira e hoje não há melhor e mais barata maneira de fazer isso do que através da Internet. Da mesma forma, quando realizamos eventos abertos, como a conferência de gestão ministerial, este é o principal meio de divulgação e de inscrição, já que todo o processo é automatizado, sem necessidade de encaminhamento de ficha em papel. Com facilidades deste tipo, a Internet se tornou imprescindível para nos comunicarmos com os pastores e líderes ministeriais de todo o Brasil.

Quais são as novidades que o novo site apresentará?

Adriana - No ano passado fizemos uma pesquisa de opinião com os nossos cadastrados e identificamos que o maior interesse de nosso público e o motivo principal que os levam a acessarem o site é a busca por artigos e informações sobre gestão ministerial. Este desejo de saber mais sobre o assunto fez com que criássemos no novo site setores complementares ao de artigos mas que também fosse fonte de conhecimento para os interessados. Com isso, além do setor de entrevistas, teremos, por exemplo, um dicionário de gestão e um setor de perguntas freqüentes e respostas. O dicionário pretende trazer conceitos relacionados à gestão que podem ser úteis ministerialmente. Muitos termos de administração não são somente modismos mas refletem todo um estudo e pesquisa em uma determinada área que podem ser aplicáveis à Igreja. Já o setor de perguntas e respostas trará perguntas divididas por assunto e que serão úteis para sanar dúvidas comuns do nosso público. Sem dúvidas, o novo site é resultado de um trabalho de pesquisa e percepção em torno das reais necessidades e preferências de nosso público. Os usuários terão muitas possibilidades de interatividade conosco e encontrarão no site um canal sempre aberto para expressarem suas opiniões e sugestões. Teremos ainda outras novidades que serão vistas em breve, quando estivermos no ar!

De que forma os profissionais cristãos podem colaborar com o novo site?

Adriana - Os profissionais cristãos das mais diversas áreas da gestão têm a oportunidade de colaborar através da produção de artigos e respondendo as perguntas que vão sendo inclusas no setor de perguntas e respostas. Nosso trabalho está apoiado em um tripé que inclui informações, cursos/eventos e ferramentas. Isto significa que a colaboração com conteúdo é parte fundamental do que fazemos. No novo site o setor de artigos será dividido em colunas por assunto. Isto facilitará a colaboração dos profissionais já que eles poderão acessar e se identificar de imediato com a sua área de atuação. Aliás, quero aproveitar a oportunidade para convidar os profissionais cristãos envolvidos com gestão para que compartilhem seus conhecimentos e experiências em benefício do Reino de Deus e da Igreja brasileira. Entendemos que há muitas pessoas competentes que poderiam auxiliar as igrejas e ministérios e não sabem muito bem como fazê-lo, então, aqui está uma oportunidade! Se você tem interesse em colaborar conosco ou conhece alguém que pode se interessar, escreva para falecom@institutojetro.com

Você diria que hoje as igrejas e ministérios estão se preocupando mais com a gestão do que há 4 anos quando o Instituto foi criado?

Adriana - Cremos que sim e temos uma base concreta para esta análise que são as estatísticas de acesso ao nosso site. De 2004 para 2005 nós dobramos o número de visitantes e agora, de 2005 para 2006, dobramos novamente. Isso certamente reflete um maior interesse nos temas que tratamos. Outra forma de análise é o próprio interesse nos nossos serviços e que é percebido especialmente através de contatos que recebemos via e-mail. Ainda que não tenhamos dobrado as solicitações, nós sentimos um interesse maior das pessoas em conhecer nossos serviços. A percepção de um aumento do interesse foi um fator motivador para nos lançarmos na construção de um novo site e assim atendermos melhor a esta demanda.

Você já comentou que a conferência não será realizada em 2006. O que você tem a dizer para os irmãos que tem interesse neste evento?

Adriana - A Conferência de Gestão Ministerial continuará a fazer parte do nosso cardápio de serviços. As três edições que realizamos nos ensinaram muito e o feedback dos participantes nos levou a pensar sobre possíveis novos caminhos para este evento. Por exemplo, a questão do local de realização. Muitos irmãos nos pediram para mudar o local da conferência para um centro de mais fácil acesso a todo o Brasil. Isto facilitaria a locomoção principalmente daqueles que estão fora de um grande centro e que têm necessariamente de passar por uma cidade como São Paulo para chegar até Londrina. Foi empolgante ver a motivação de alguns participantes e até o sacrifício para chegarem até aqui. Tivemos pessoas que usaram avião, ônibus e táxi para chegar até a conferência. Muitos nos pediram também para repensar os dias da semana. Então, aos interessados, digo que se mantenham interessados! Não estamos deixando a conferência de lado, mas certamente uma próxima edição terá diversos aspectos remodelados.

Reprodução Autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado o site www.institutojetro.com e comunicada sua utilização através do e-mail artigos@institutojetro.com

URL: http://www.institutojetro.com/entrevistas/entrevistas/instituto-jetro-e-novo-site-mudando-para-melhor/
Site: www.institutojetro.com
Título do artigo: Instituto Jetro e novo site: mudando para melhor
Autor: Adriana Pasello


Comentários