Compassion: desenvolvendo o potencial das crianças - Entrevistas - Instituto Jetro

carregando...

Compassion: desenvolvendo o potencial das crianças

Entrevista com Ana Rafaela dos Santos
Publicado em 29.06.2011

Qual é o espaço que a criança tem em sua Igreja? Quais as atividades preparadas para ela? Sua Igreja/organização apresenta algum trabalho social para promover o desenvolvimento do potencial das crianças da sua comunidade/bairro ou cidade? Pensar no Ide sem incluir as crianças é fazer a Missão pela metade.

Uma das organizações mais respeitadas, a Compassion atua em 26 países, inclusive no Brasil, em parceria com igrejas evangélicas, beneficiando em nosso país cerca de 32 mil crianças em situação de risco em 7 Estados: Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo. 

A Compassion International  é uma organização evangélica interdenominacional, não-governamental, sem fins lucrativos, cujo objetivo é ajudar crianças em situação de risco ao redor do mundo. Foi criada em 1952 pelo missionário Everett Swanson em resposta à pobreza e à desolação de crianças que se tornaram órfãs devido à guerra na Coreia.

Há mais de 20 anos no Brasil, a Compassion tem feito a diferença na vida de muitas crianças, capacitando-as e preparando-as para um futuro melhor.

Para conhecer mais suas atividades, entrevistamos Ana Rafaela dos Santos, graduada em Comunicação Social com ênfase em Publicidade e Propaganda, e pós-graduada em Gestão da Comunicação, ambas pela Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação (ESAMC), em Campinas, SP.  Ana serve o ministério da Compassion há 2 anos e meio como especialista em comunicação e é membro da Primeira Igreja Batista em Campinas. 

Algumas histórias sobre o Brasil podem ser achadas nestes links: http://blog.compassion.com/tag/brazil. Sites da Compassion http://www.compassion.org.br/ (em português) http://www.compassion.com/ (em inglês) 

 foto de Ana Rafaela dos Santos
O Presidente da Compassion International, Wess Stafford, escreveu o livro "To Small to Ignore" ("Pequenos demais para serem ignorados"), compartilhando seu ponto de vista a respeito das crianças e sobre o papel dos pequeninos no Reino de Deus. Qual a visão e que princípios podemos aprender com este livro?

Ana - Wess Stafford costuma dizer que tudo o que precisou aprender para liderar a Compassion ele aprendeu quando era criança e morou com seus pais na África. Wess é filho de missionários e sofreu na infância abusos na escola onde estudou. Hoje é uma das vozes mais respeitadas em defesa da criança. O livro "Pequenos demais para serem ignorados" conta sua trajetória e ele fala sobre o valor dos pequeninos no Reino de Deus. Devemos ter em mente que as crianças não sao a igreja de amanhã, mas de hoje - elas também são agentes transformadores. Temos muitas histórias de famílias inteiras que se converteram por causa do testemunho de uma criança.

O que é Compassion e quais seus objetivos?

Ana - A Compassion é uma instituição não governamental cujo objetivo é libertar crianças da pobreza em nome de Jesus. A sede fica em Colorado Springs, nos Estados Unidos, e temos 12 países parceiros (países que levantam recursos) e 26 países campo (países que recebem os recursos - incluindo o Brasil). Os recursos são levantados por meio de apadrinhamento.

Trabalhamos em parceria com Igrejas Evangélicas que tenham a mesma visão de alcançar crianças em situação de vulnerabilidade social. Por meio dessas parcerias, capacitamos a Igreja e seu Projeto social provendo apadrinhamento das crianças, suporte financeiro e treinamento.

Quais os programas da Compassion?

Ana - No Brasil, a Compassion tem dois programas, o CDSP - Child Development trhough Sponsorship e o LDP - Leadership Development Program.

O CSDP é o Programa de Desenvolvimento da Criança por meio do Apadrinhamento. Este programa é voltado às crianças e adolescentes de 3 a 18 anos. A criança/adolescente frequenta o Projeto no período em que não está na escola. No Projeto, ela recebe apoio cognitivo, nutricional, educação cristã e outras ferramentas que ajudam no seu desenvolvimento integral. É no CDSP que ela se corresponde regularmente com o seu padrinho. Não são raros os casos em que a única palavra de incentivo para esta criança ou adolescente venha apenas de seu padrinho.

Um exemplo é do jovem Felipe, do Rio de Janeiro. Quando ele era criança, chegou a tomar água com açúcar para enganar a fome. Durante os anos em que esteve no Projeto, recebeu cartas regularmente do seu padrinho, estimulando-o sempre a estudar e nunca desistir de seus sonhos. Hoje, este jovem estuda direito e paga a sua faculdade trabalhando com informática, que aprendeu em um curso oferecido pela Compassion, e já conseguiu, inclusive, fazer um intercâmbio de dois meses na África do Sul para aperfeiçoar o inglês. Ele não esconde que está fazendo tudo isso hoje por causa do incentivo que recebeu de seu padrinho enquanto estava no Projeto.

O LDP é um programa de desenvolvimento e capacitação de líderes cristãos voltado a adolescentes oriundos do CDSP que conseguiram entrar em uma universidade. Para participar deste programa, existe uma seleção, pois as vagas são limitadas. Além do suporte financeiro dado pelos padrinhos para que eles possam continuar estudando, os estudantes se encontram regularmente para receber mentoreação. Nestes encontros, participam de workshops que agregam conhecimento à sua formação, como administração financeira, princípios bíblicos de integridade e mordomia, etc

Nosso objetivo é que, ao concluir o Programa, a criança esteja encaminhada para se tornar um adulto auto-sustentável e um cristão pleno.

Existe ainda um outro programa que ainda não é rodado no Brasil, o CSP - Child Survival Program, voltado para a sobrevivência do bebê.

Como as Igrejas podem ser parceiras da Compassion?

Ana -
É preciso que já exista alguma iniciativa de programa de assistência socioeducativa realizado na Igreja com crianças em situação de extrema pobreza, possuir espaço para realizar atividade com as crianças e flexibilidade para aumentar o quadro de voluntários/funcionários.

É importante ressaltar que estamos abrindo parcerias no Estados do Maranhão, na região dos Cocais (Caxias, Codó e adjacências), interior do Ceará e Pernambuco. Se alguma igreja tem interesse, basta nos contatar pelo e-mail faleconosco@br.ci.org

Como é o dia a dia visitando lugares e ouvindo histórias de crianças em situação de extrema miséria e em situação de risco? Como é contar histórias para que "o mundo veja não apenas a pobreza, mas o potencial destas crianças"?

Ana - A primeira vez que estive frente a frente com uma família que tinha passado fome foi chocante. Uma coisa é você ver isso na tv, sentada na sua sala depois do jantar. Outra coisa é você entrar na casa, sentir o cheiro, ver a despensa da cozinha vazia, olhar dentro dos olhos destas pessoas e se lembrar de Gênesis, da criação do homem, de que somos "coroa da criação" e que, definitivamente, Deus não nos fez para viver em uma situação como esta, de extrema miséria e falta de esperança.

O que mais machuca é a falta de esperança. Por isso que o evangelho liberta: Jesus é vida em abundância, traz esperança e só nele temos força para continuar vivendo. Ele é a Vida. Como profissional em comunicação, quando visito estes lugares, o versículo que me impulsiona está em Provérbios 31.8 "Erga a voz em favor dos que não podem defender-se, seja o defensor de todos os desamparados". É o que fazemos aqui na Compassion.

Fale um pouco dos 12 princípios de liderança da Compassion.

Ana - São princípios que norteiam a Compassion como instituição e pelos quais os funcionários em todo o mundo são comprometidos. Em resumo: demonstração de caráter, disciplina pessoal, comprometimento com a Igreja local, viver com integridade, exemplificar a liderança de servo, ouvir humildemente, liderar com coragem, acender a paixão pelo ministério, dominar as comunicações, equipar os outros, lutar por excelência e cultivar a família.

Todos estes princípios são os desdobramento de se imitar a Cristo. A Compassion é uma instituição cristocêntrica e existe para servir a Igreja.

Quais os conselhos para pastores e líderes quanto ao trabalho com crianças em suas Igrejas ou em Instituições sociais que são administradas pelas Igrejas.

Ana - Invista no ministério infantil, gaste tempo com as crianças. Isso pode transformar a vida delas para sempre. Entenda que as crianças são a igreja de hoje.

Reprodução Autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado o autor e o site http://www.institutojetro.com  e comunicada sua utilização através do e-mail artigos@institutojetro.com 

Leia também
Ministério pastoral e missão integral
Educando os próximos líderes

URL: http://www.institutojetro.com/entrevistas/entrevistas/compassion-desenvolvendo-o-potencial-das-criancas/
Site: www.institutojetro.com
Título do artigo: Compassion: desenvolvendo o potencial das crianças
Autor: Ana Rafaela dos Santos


Comentários