Conselho de Jetro

Compartilhe

A disciplina do descanso

A disciplina do descansoQuando estamos cansados ou doentes, não temos vontade de ler as Escrituras, não temos vontade orar e não temos vontade de dar testemunho de Jesus Cristo. Mas, quando nos sentimos bem fisicamente, estas coisas são fáceis. Alguns líderes cristãos são trabalhadores compulsivos, excessivamente meticulosos e acham que há algum problema se não estiverem trabalhando de manhã, à tarde e à noite. Alegam que Jesus é seu exemplo, dizendo que ele estava à disposição de qualquer pessoa a qualquer momento, mas o conhecimento deles da Bíblia deixa muito a desejar. Jesus não estava à disposição o tempo todo. O texto que eu gostaria de oferecer aos trabalhadores compulsivos é Marcos 6.45: "Logo em seguida, Jesus insistiu com os discípulos para que entrassem no barco e fossem adiante dele para Betsaida, enquanto ele despedia a multidão". Ele despediu a multidão, porque queria ir embora, descansar e orar, por isso não devemos nos sentir culpados se quisermos ter um período de descanso. John Stott em desafios da liderança cristã.

Leia também: 
Um tempo!
Escravidão profissional
Não trabalhe sem descansar