Rodolfo Garcia Montosa - Autor - Instituto Jetro

carregando...
Home > Autores > Rodolfo Garcia Montosa

Rodolfo Garcia Montosa

Rodolfo Garcia Montosa

Graduado em Administração de Empresas pela FGV-SP e Teologia pela FTSA, pós-graduado em Administração Financeira pela FGV-SP e MBA Executivo pela USP- SP.

É diretor e fundador do Instituto Jetro. Foi colunista da Revista Igreja e da Revista Saber e Fé. Fez parte dos Conselhos da Editora Mundo Cristão, e atualmente faz parte da Missão Portas Abertas e da Fundação Eduardo Carlos Pereira.

Pastor titular da Primeira Igreja Presbiteriana Independente de Londrina e empresário no setor de serviços, sendo diretor presidente da BR Consórcios, empresa que administra diversas marcas de Consórcios no Brasil.


Veja os artigos de Rodolfo Garcia Montosa

  • Outro José sonhador

    Liderança Pastoral

    Quando falamos em José, o sonhador, logo vem à mente José do Egito. A Bíblia mostra outro José com diversos sonhos vindos de Deus que foram muito importantes na história de Maria, Jesus e, porque não dizer, na história de toda a humanidade.

  • Fé em meio à tempestade

    Liderança Pastoral

    Em Atos 27 e 28 Lucas narra a experiência de Paulo na tempestade e nos ensina que: antes da tempestade é o tempo quando a fé é formada. Durante a tempestade é quando a fé entra em operação.Depois da tempestade é o tempo de colheita dos frutos da fé.

  • A essência da gestão ministerial 2

    Gestão de Pessoas

    Uma equipe não afiada dará muitos golpes no ar, aplicará muito esforço e obterá resultados medíocres. Assim, uma equipe deve ser constantemente treinada e capacitada para evoluir e atingir seu maior potencial.

  • Olhe a si mesmo com os olhos de Cristo

    Reflexão

    Eu sou discípulo a quem Jesus ama! Essa afirmação deixou de soar arrogante. Mas, ainda estou processando essa verdade, incorporando cada dia mais a profunda convicção e confiança nesse amor.

  • A felicidade dos pacificadores

    Reflexão

    Assim como toda guerra tem uma raiz lá dentro dos corações, todo o processo de paz também só pode partir de uma grande mudança lá dentro de nossa vida, no âmago das motivações e desejos.

  • Lar, doce lar!

    Reflexão

    É fato que quem casa quer seu canto pessoal, seu espaço próprio, um lugar para si mesmo. Isso é legítimo e aconselhável. Contudo, quem casa não quer só casa, mas algo mais, muito mais. Vamos chamar esse algo mais de lar.

  • Tranquilidade e equilíbrio

    Finanças e Contabilidade

    Dois punhados é a medida do exagero, pois implica em ter as mãos ocupadas. Nenhum punhado é a medida vazia para quem cruza os braços. Um punhado é a medida do equilíbrio, uma porção sustentável, que conseguimos alcançar e suportar.

  • A felicidade dos que choram

    Reflexão

    Enquanto para muitos o choro é sinal de fraqueza, debilidade e derrota, Jesus,mais uma vez,surpreende afirmando que é caminho para a felicidade.A força da afirmação de Jesus está lastreada no fato de que ele mesmo chorou em pelo menos três circunstâncias.

  • A felicidade dos perseguidos

    Reflexão

    Não procuramos, não desejamos, mas também não ignoramos a perseguição.Ela é real e está presente nos dias de hoje.Ostensivamente em países fechados ao evangelho, ou, sutilmente, ao nosso redor.Não precisamos temer, mas fortalecer uns aos outros no Senhor.

  • Inimigos da cruz de Cristo

    Liderança Pastoral

    Paulo alerta para o fato de que tem muita gente não se identificando com a mensagem da cruz,desinteressados do escandaloso amor de Jesus,não desejando estar crucificados com Cristo,nem morrer para o mundo. O que precisamos saber sobre os Inimigos da cruz?

  • Tudo é possível

    Liderança Pastoral

    Houve uma humilde e consciente dependência de Deus. Isso bastou! De alguma forma aquele pai creu: Jesus pode. Aquela experiência o levou além: somente Jesus pode. Todos ficaram maravilhados com o grande poder de Deus .

  • O poder da unidade

    Liderança Pastoral

    Somos lembrados por Paulo na que seria uma das últimas orações de Jesus antes de morrer. Seu pedido é bastante claro e, surpreendentemente, focado: que sejamos um! É importante, portanto, adquirirmos a consciência da unidade.

  • O peso da cruz

    Reflexão

    Apesar da crueldade física, humilhação emocional e agonia espiritual, Jesus, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, ou seja, não se importando com tudo o que sofreu.

  • Distância Zero: Fazer a vontade de Deus

    Reflexão

    Somos seres humanos cheios de vontade própria, nem sempre alinhada com a vontade de Deus. Como disse Philip Yancey, em certo sentido, só existem dois problemas: Deus não age do jeito que queremos e não ajo do jeito que Deus quer.

  • A mãe

    Reflexão

    No Salmo 128, o poeta faz a pintura de um belo quadro que retrata uma vida de plena alegria no ceio da família, com destaque à figura central da mulher como esposa e mãe.

  • Distância Zero: Construir pontes

    Gestão de Pessoas

    Existem momentos na estrada da vida que ficamos sem chão. Somente com pontes conseguiremos continuar a caminhada. O livro de Rute conta-nos a linda história de duas mulheres que aprenderam a construir pontes.

  • Distância zero: perdoar com sinceridade

    Reflexão

    Ressentir é sentir novamente toda a dor e desconforto da ofensa. Isto adoece o ofendido e o deixa preso em grilhões juntamente com o ofensor. A solução está na pequena, porém desafiadora palavra: perdão.

  • Distância Zero: Conversar com clareza

    Comunicação e Marketing

    É fato que, quando duas pessoas conversam, existem pelo menos três conversas acontecendo: aquela falada entre elas e aquela voz interior que cada uma tem. Distância zero significa fundir as três conversas, transformando-as em somente uma.

  • Distância Zero: Oração a Deus

    Reflexão

    De uma maneira simples, o apóstolo Paulo ensina que distância zero de Deus tem relação direta com a vida de oração. Quanto mais oração, menor a distância. Mas, preste atenção, não é qualquer tipo de oração.

  • O trabalho aos olhos de Deus

    Reflexão

    O profeta declarou que desde os tempos antigos ninguém ouviu, nenhum ouvido percebeu, e olho nenhum viu outro Deus, além de ti, que trabalha para aqueles que nele esperam.


Página 3 de 11 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 « anterior | próxima »