Rodolfo Garcia Montosa - Autor - Instituto Jetro

carregando...
Home > Autores > Rodolfo Garcia Montosa

Rodolfo Garcia Montosa

Rodolfo Garcia Montosa

Graduado em Administração de Empresas pela FGV-SP e Teologia pela FTSA, pós-graduado em Administração Financeira pela FGV-SP e MBA Executivo pela USP- SP.

É diretor e fundador do Instituto Jetro. Foi colunista da Revista Igreja e da Revista Saber e Fé. Fez parte dos Conselhos da Editora Mundo Cristão, e atualmente faz parte da Missão Portas Abertas e da Fundação Eduardo Carlos Pereira.

Pastor titular da Primeira Igreja Presbiteriana Independente de Londrina e empresário no setor de serviços, sendo diretor presidente da BR Consórcios, empresa que administra diversas marcas de Consórcios no Brasil.


Veja os artigos de Rodolfo Garcia Montosa

  • Todas as profecias cumpridas

    Liderança Pastoral

    A improbabilidade matemática de que mais de trezentas profecias escritas há centenas de anos, para se cumprirem em uma só pessoa - Jesus Cristo - demonstra a intencionalidade divina em estar no controle da história.

  • Reforma do culto

    Liderança Pastoral

    Prestar culto a Deus é o ato mais importante de todo o cristão, de toda a igreja. A explicação é muito simples: o fim principal do ser humano é glorificar a Deus e nele ter prazer para todo o sempre. O culto é um ato, mas também um estilo de vida.

  • Reforma no sacerdócio dos crentes

    Liderança Pastoral

    Precisamos tomar consciência de que todos somos sacerdotes. Muita gente acredita que o sacerdócio é exercido somente pelos que são ordenados para tal. Todos têm seu lugar na presença e na família de Deus.

  • Quando nos reunimos profetizamos

    Liderança Pastoral

    A profecia desvenda segredos do coração daquilo que o Senhor tem sobre nossa vida, seus pensamentos e planos. Precisamos da profecia para nos revelar, pois, por alguma razão, o tesouro do Senhor tem estado oculto aos nossos olhos.

  • Quando nos reunimos fazemos refeições juntos

    Reflexão

    Para Jesus, reunião era motivo de refeição e refeição era oportunidade para reunião. A mesa de refeições foi o principal ponto de encontro com Cristo. Durante suas refeições com amigos ou desconhecidos, muitas necessidades eram satisfeitas pelo Mestre.

  • Igreja para o lado

    Liderança Pastoral

    Se nossa igreja desaparecesse, que falta faria para a cidade? Que tipo de saudade sentiriam de nós? Que recordação teriam? O modo de vida dos irmãos da fé, aponta que a igreja, em seus primeiros dias, extravasava a presença do Senhor para todos os lados.

  • Deleita-te na sabedoria do Senhor

    Reflexão

    Como é feliz o homem que acha a sabedoria, o homem que obtém entendimento. Ciente disso, o apóstolo Paulo escreveu esses versículos dando algumas pistas para nos orientar. Três princípios ajudam na busca por sabedoria na vida.

  • Deleita-te no amor do Pai

    Reflexão

    Toda diferença para nossa vida está no quanto Deus nos ama e não no quanto amamos a Deus.Muitos de nós conseguem enxergar a Cristo,mas poucos são os que enxergam com seus olhos. Os que enxergam com seus olhos declaram: Eu sou discípulo a quem Jesus ama!

  • História das filhas de Jerusalém

    Reflexão

    As filhas de Jerusalém costumavam chorar e lamentar publicamente. Jesus percebe e se levanta contra aquilo que, em nome do conforto, torna-se inimigos do consolo: o jogo da vitimização, o nocivo jogo da autoculpabilização e do danoso jogo da acusação.

  • Segue-me na unidade

    Liderança Pastoral

    Viver isoladamente é como um graveto fora da fogueira - em pouco tempo apagará.Vamos deixar de lado as pequenas diferenças do que não é essencial para viver na bênção da unidade do corpo de Cristo na igreja local,desfrutando e expressando, o amor de Deus.

  • Segue-me nas finanças

    Finanças e Contabilidade

    Histórias de Jesus refletem a mesma cadência para nos ensinar, na essência, que toda a nossa provisão vem do Senhor. Somente ele supre nossas necessidades, dá generosamente, dá mais propósito e relevância ao que fazemos e reflete ao mundo sua glória.

  • Discípulos em meio à tentação

    Reflexão

    As tentações são indesejáveis, mas necessárias. Elas depuram, aperfeiçoam e nos amadurecem. Elas expõem nossas vulnerabilidades, tornando-nos humildes dependentes da graça de Deus. Elas mostram o que está na raiz do coração e revelam a quem amamos.

  • Liderança significativa, o que é isso?

    Entrevistas

    Enxergar a liderança com responsabilidade é de vital importância.O desafio que todos temos de enfrentar diariamente é desenvolver essa habilidade e exercê-la de forma madura e inteligente, promovendo o crescimento daqueles que estão ao nosso redor.

  • Discípulos na sensibilidade

    Liderança Pastoral

    Temos um singelo episódio que reflete a grande capacidade de Cristo em se envolver emocionalmente com aquelas pessoas que não eram contadas, consideradas, nem levadas a sério. Nosso Mestre ensina algo desafiador a seus discípulos: sensibilidade ao outro.

  • Ano novo: um novo tempo!

    Reflexão

    Somente Jesus conhece cada momento do ano novo que vai entrar. Ele já percorreu o futuro e tem o poder de orientar, proteger, guiar seus passos no que virá. Entregue-se àquele que estabelece cada momento a seu próprio tempo.

  • Jesus hoje: glorificado!

    Reflexão

    Não há nada mais poderoso para enfrentarmos as piores lutas que um ser humano pode ser submetido do que ter uma visão de Jesus glorificado . Podemos enxergar pelos olhos da fé Aquele que vive para todo sempre.

  • Um sonho regado na oração

    Reflexão

    O pagão dá ordens aos deuses e controla a ação.O hindu entrega-se passivamente à fatalidade e é controlado pela ação. A Bíblia nos ensina que a oração é o convite que o Senhor nos faz para nos relacionarmos com ele e participarmos da ação que ele iniciou.

  • Um sonho que produz alegria

    Reflexão

    O fim supremo e principal do homem é glorificar a Deus e gozá-lo para sempre. Em outras palavras, o ser humano encontra seu significado e propósito glorificando a Deus e se alegrando para sempre nesse relacionamento. Alegria espontânea!

  • Quando o último dia é o recomeço

    Reflexão

    Aos olhos de qualquer um, o último dia é o fim. Mas, aos olhos de Jesus, não! Aos olhos de Jesus, o último dia é um dia de recomeço. A festa não acabou! Jesus quer matar nossa sede e também nos fazer canais para jorrar do seu Santo Espírito às pessoas.

  • Maravilhados com a sua ação enérgica

    Reflexão

    Aproximou-se da frondosa figueira, porém, nenhum fruto encontrou. Sem titubear, simplesmente declarou: Nunca mais nasça fruto de ti! Imediatamente a figueira secou. Seus discípulos perceberam o Jesus que condena o que não presta, mas que aponta o caminho.


Página 1 de 12 0102 03 04 05 06 07 08 09 10 « anterior | próxima »