Oswaldo Luiz Gomes Jacob - Autor - Instituto Jetro

carregando...
Home > Autores > Oswaldo Luiz Gomes Jacob

Oswaldo Luiz Gomes Jacob

Oswaldo Luiz Gomes Jacob

Graduado em Telogia pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil.

Já atuou como Missionário na África do Sul pela Junta de Missões Mundiais da CBB. Atualmente é pastor da Segunda Igreja Batista em Barra Mansa - RJ e professor do Seminário Teológico Batista Sul Fluminense.

Clique aqui e visite o BLOG do autor.


Veja os artigos de Oswaldo Luiz Gomes Jacob

  • Companheiros de jugo

    Reflexão

    Precisamos aprender rasgar de coração uns com os outros, a partir de uma confiança absoluta em Deus. Quantas vezes carregamos fardos muito pesados e não dividimos. É necessário e urgente que suportemos, aconselhemos e encorajemos uns aos outros.

  • Uma igreja saudável e relevante

    Liderança Pastoral

    Aspiremos ser essa igreja saudável, plenamente comprometida com a mensagem da cruz, com a mensagem do evangelho de Jesus. Uma igreja viva, atuante e perseverante, constituída de discípulos e discípulas de Jesus, sendo sal da terra e luz do mundo.

  • Pastores, quem são eles?

    Liderança Pastoral

    Eles não sentem vergonha da vocação, mas profunda honra de serem chamados para um trabalho sublime. A sua herança não são bens, mas o próprio Senhor. O seu tesouro é o Senhor que os criou, salvou e chamou por graça e misericórdia.Sejamos, pois, pastores.

  • A paternidade de Deus

    Liderança Pastoral

    A Paternidade de Deus é uma verdade que consola, conforta, encoraja e fortalece o nosso coração e a nossa mente. Na suficiente Palavra de Deus, esta verdade é recorrente. Precisamos ver algumas características desse Pai, cuja natureza é amor.

  • A vulnerabilidade e a queda moral

    Liderança Pastoral

    Como seres humanos, somos vulneráveis diante da tentação. Só podemos vencê-las em Cristo. A consciência de nossa vulnerabilidade ou de uma possível queda moral não deve nos levar a justificativas, mas a uma confiança inabalável na obra de Cristo na cruz.

  • Quando amamos a Igreja

    Reflexão

    Nutrindo amor pela igreja nós oramos intensamente por ela; aproveitamos as oportunidades para evangelizar e discipular pessoas; participamos ativamente da comunhão dos santos; tratamos com zelo os desafios; usamos dons e talentos para a sua maturidade.

  • Generosidade jubilosa

    Finanças e Contabilidade

    A generosidade do cristão autêntico é jubilosa. Para aquele que nasceu de novo, contribuir é prazer, deleite, profunda alegria.O Senhor não quer que contribuamos por obrigação, de forma religiosa e mecânica,mas com imenso prazer,movidos pelo amor de Deus.

  • Aos companheiros de jugo pastoral

    Reflexão

    É mister que tenhamos um conjunto de atividades nobres que visa a edificação dos crentes, a salvação dos perdidos e a glória de Deus. Como ministros do novo pacto, devemos viver sempre para a Glória de Deus.

  • Liderança egocêntrica

    Liderança Geral

    Liderar é a arte de dividir tarefas, descentralizar, acompanhar, aperfeiçoar e colher os frutos. Não combina com a centralização e nem com o despotismo. Não pode ser fundamentada na vida do líder. Não é personalismo, mas pessoalidade.

  • Trifena e trifosa

    Liderança Pastoral

    Deus tem levantado mulheres comuns para um trabalho extraordinário.Em nossas igrejas há muitas delas que trabalham duro porque amam ao Senhor,sua família,a Igreja e as almas perdidas.São mulheres de fibra moral,conteúdo espiritual denso e emoções sinceras

  • Onde estão os Timóteos do século 21?

    Liderança Pastoral

    Segundo John Stott, o apóstolo Paulo faz a Timóteo um apelo tríplice: apelo ético, apelo doutrinário e apelo vivencial. Timóteo, discípulo de Jesus ensinado por Paulo, era um jovem pastor comprometido com o caráter de Jesus Cristo.

  • Deixaremos saudades?

    Liderança Pastoral

    Será que ao morrermos as pessoas sentirão a nossa falta, sentirão saudades de nós? Somos pessoas necessárias neste mundo? Estas são perguntas muito pertinentes, considerando que vivemos num mundo narcisista, egoísta, hedonista e consumista.

  • O velho pastor e o jovem pastor

    Liderança Pastoral

    Paulo chama o jovem pastor Timóteo de -meu filho-. A Tito, ele chama de -meu verdadeiro filho na fé-. É impressionante a lição de respeito por parte de Timóteo e de Tito. Em nenhum momento vemos os dois tratando o velho apóstolo desrespeitosamente.

  • Pastores amargurados

    Liderança Pastoral

    Homens encurvados pelo peso de relacionamentos conflituosos e que carregam seus desafetos nas costas por onde andam. Sabemos que a rejeição e a inveja produzem amarguras profundas. Líderes que guardam ressentimentos não vivem em paz com Deus.

  • Não sou pastor para disputar

    Liderança Pastoral

    Somos o que somos somente pela graça de Deus. Por esta razão, o ministério pastoral deve ser exercido com graça, amor e misericórdia. Pastores que invejam, disputam, criam animosidade, divisão, maledicência e discórdia não são pastores de fato.

  • O líder e os traços vitais de um relacionamento saudável

    Gestão de Pessoas

    Os três traços vitais de um relacionamento saudável: Amor, humildade e mansidão. O amor tem disposição para ouvir o próximo; a humildade sabe esperar o momento para falar e a mansidão não reage negativamente. Jesus era assim em seu ministério.

  • Consciência Ambiental: você tem?

    Reflexão

    Diz a Palavra de Deus: o Senhor Deus tomou o homem e o colocou no jardim do Éden, para que o homem o cultivasse e guardasse (Gn 2.15). Somos os ecônomos, os administradores, os mordomos de Deus designados para administrar a Sua criação.

  • Sonda-me, Senhor!

    Reflexão

    Engano-me pensando que posso me esconder de Ti. Sinto medo e vergonha. Fico alienado em relação à Tua sondagem.Como sou um bronco,um ignorante quando não valorizo a Tua onisciência. Vivo muitas vezes como se Tu não estivesses em todo lugar ao mesmo tempo.

  • Caráter e Liderança

    Liderança Pastoral

    A verdadeira liderança é exercida com o caráter. Sem caráter, é ditadura, impostura. O caráter define o líder. Jesus exerceu a Sua liderança com autoridade, baseada no Seu caráter, na Sua integridade. Havia coerência entre o que Ele falava e praticava.

  • A Igreja e seu pastor

    Liderança Pastoral

    Como deve ser a relação entre Igreja e pastor? Certamente um relacionamento de amor e respeito; de afeto e exortação; de sinceridade e confrontação, e profunda aceitação em Cristo Jesus.


Página 1 de 3 0102 03 « anterior | próxima »