Tecnologia para apoiar a expansão do evangelho - Tecnologia e Informática - Artigos - Instituto Jetro

carregando...
Home > Artigos > Tecnologia e Informática > Tecnologia para apoiar a expansão do evangelho

Tecnologia para apoiar a expansão do evangelho


Publicado em 01.09.2009

A adoção da tecnologia como estratégia para a evangelização

Temos mais de seis bilhões de seres humanos no planeta Terra. Uma parcela significativa destes bilhões, mas pequena diante da obra e do esforço de Jesus Cristo, é constituída de discípulos cristãos.

Jesus exortou-nos a orar para que o Senhor enviasse pastores para cuidar das suas ovelhas, como pode ser lido no capítulo nove do Evangelho segundo Mateus (versículos 36 a 38): "Vendo ele as multidões, compadeceu-se delas, porque estavam aflitas e exaustas como ovelhas que não tem pastor. E então dirigiu a seus discípulos: A seara na verdade é grande, mas os trabalhadores são poucos. Rogai, pois, ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara".

O problema de todos os pastores: excesso de demanda pelo seu tempo

Como agradá-Lo? Como atender Seu pedido? Os pastores chamados para essa missão já são demandados para o indispensável tempo de oração e leitura diárias, para suas inúmeras funções relacionadas direta ou indiretamente a administração e para os infindáveis acontecimentos imprevistos dentro de sua igreja, que exigem mais do que 24 horas diárias de dedicação. E as multidões lá fora, aflitas e exaustas, sem pastor, aguardando-os com seus problemas? Como utilizar seu entendimento e recursos para multiplicar suas mensagens, levando-as a alcançar o maior número de pessoas?

Será a tecnologia um meio que Deus possibilitou para auxiliar os pastores na sua missão?

Os pastores já a têm usado cotidianamente quando consultam o Evangelho via software, ou, igualmente, quando enviam e recebem e-mails dos seus presbíteros e ovelhas. A efetiva questão está em definir a extensão que se deve utilizar a tecnologia a favor do atendimento do chamado do Senhor, e como conseguir sua implantação.

Entre os recursos tecnológicos disponíveis hoje para a evangelização (ainda pouco utilizados) estão a transmissão da celebração ao vivo via web, os arquivos de áudio e vídeo disponibilizados nos sites e os blogs, entre outros. Quem tem feito uso desse recurso não tem queixas dos resultados obtidos: inúmeras pessoas indecisas, desconfiadas, magoadas, incrédulas ou que temem, por outros motivos, aproximar-se da igreja, fazem seu primeiro contato via web acessando os textos e os vídeos, ou ainda assistindo a celebração à distância, como forma de conhecer melhor a comunidade.

Em Londrina (PR), a Primeira Igreja Presbiteriana Independente (www.ipilon.org.br) está entre as que utilizam a transmissão ao vivo via web, além de manter uma rádio operando para o deleite de seus ouvintes.

Outras possibilidades mais inovadoras poderiam estar na evangelização remota. Podemos, por exemplo, pensar em escalar um irmão ligado a igreja para instalar um terminal de rede digital (quiosque) em regiões com população sem conexão a web (mais de 85% da população brasileira) e acessá-lo no horário da celebração, permitindo aos moradores do bairro, via telão, se alegrarem com as mensagens relacionadas à Palavra do Senhor.

E quem tem dificuldade com a tecnologia? Como adotá-la?

Alguns pastores - como muitos de nós - tem dificuldade para compreender os procedimentos usuais para aproveitar os recursos da tecnologia. Para superar essas limitações, há excelentes profissionais e empresas que podem assessorar a igreja nos seus propósitos de inovar e avançar no campo da tecnologia.

De acordo com essa estratégia, existe também uma ação simples, confiável e econômica, mas poderosa em seus efeitos positivos: a convocação entre os irmãos da igreja daqueles que têm facilidade em lidar com ela.

O pastor Ed René Kivitz, da Igreja Batista de Água Branca (SP) - que já possui um site agradável e de bom conteúdo (www.ibab.com.br) - há algum tempo fez uma convocação no início da celebração, convidando os irmãos internautas para uma reunião após o culto e constituiu com eles uma equipe para desenvolver o uso da tecnologia a favor da evangelização, obtendo excelentes resultados.

Devemos evitar cair na tentação de deixarmos as coisas para amanhã, por falta de iniciativa, e correr riscos de não aproveitarmos integralmente os talentos recebidos. Como remédio para evitar esse mal, em Gálatas 6.2, o apóstolo Paulo exorta os irmãos: "Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo".

O trabalho em equipe feito com o amor no coração, fruto do Espírito Santo, gera alegria e paz a todos os participantes, facilitando o desenvolvimento dos projetos, a sua implantação, e a consequente acolhida daqueles que anseiam e precisam pertencer a uma comunidade cristã.

Concluo assim esse artigo, ouvindo via web na Rádio Esperança a musica "...Então minha alma chora de alegria e emoção porque Jesus Cristo me deu a Salvação".

Reprodução Autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado o autor e o site http://www.institutojetro.com/ e comunicada sua utilização através do e-mail artigos@institutojetro.com

 Leia Também:
Evangelização através da internet?
Igreja e sua página no facebook
E-church: Internet e Igreja

URL: http://www.institutojetro.com/artigos/tecnologia-e-informatica/tecnologia-para-apoiar-a-expansao-do-evangelho.html
Site: www.institutojetro.com
Título do artigo: Tecnologia para apoiar a expansão do evangelho
Autor: Edgard Jose Carbonell Menezes

Mais Lidos

carregando...

Comentários