Responsabilidade social e a gestão de pessoas - Gestão de Pessoas - Artigos - Instituto Jetro

carregando...
Home > Artigos > Gestão de Pessoas > Responsabilidade social e a gestão de pessoas

Responsabilidade social e a gestão de pessoas


Publicado em 03.05.2010

Este é o sétimo artigo de uma série de oito que será publicada sobre todos os subsistemas em gestão de pessoas. Clique sobre o nome do autor para ler os anteriores.

Um grande vínculo entre o público interno (colaboradores) e o público externo (comunidade) pode ser estabelecido por meio das ações de Responsabilidade Social desenvolvidas por uma organização. Sendo que qualquer organização, independente do seu porte ou ramo de atuação, pode agir de forma socialmente responsável. Ou seja, atuando de maneira ética e transparente com os públicos a ela ligados, e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da comunidade. Isso é Responsabilidade Social!

Por meio da Responsabilidade Social a organização pode engajar o potencial de seus colaboradores em ações e projetos sociais. Dessa maneira, o colaborador terá maior satisfação em seu trabalho, pois percebe que contribui muito mais do que simplesmente como "mão-de-obra", pois várias habilidades que ele possui são aplicadas no desenvolvimento de outras pessoas.

O fazer o bem ao próximo, agregar valor a vida de outras pessoas faz muito bem a qualquer ser humano. Por exemplo, um técnico em informática pode dar aulas de computação, um enfermeiro pode ministrar palestras sobre saúde e um zelador pode contribuir com a manutenção de uma escola, creche ou hospital.

Os talentos de todos os colaboradores podem ser aplicados em algum momento. Um colaborador que toca violão, conta estórias, faz artesanato, que costura, pinta, conserta, dança ou ensina pode contribuir em projetos sociais que a organização decidir desenvolver em parceria com a comunidade.

Por sua vez, toda comunidade precisa dessa parceria. Problemas de infra-estrutura, segurança, conservação, lazer e saúde estão presentes no dia-a-dia das mais diferentes comunidades. E o desenvolvimento sócio-econômico da comunidade na qual a organização está inserida pode gerar grandes benefícios para a própria organização. Desde a diminuição da violência, até o aumento de pessoas qualificadas que poderão tornar-se colaboradores da própria organização. Todos ganham! Todos crescem! Isso é Responsabilidade Social.

E não há uma regra que diz que a organização tenha que desenvolver projetos somente na comunidade em que ela está inserida. Ela deve ser ética e transparente com essa comunidade, porém talvez, devido ao seu ramo de atuação, ela seria muito bem sucedida se atendesse uma comunidade distante. Sem problemas! O importante é contribuir e envolver seus colaboradores como agentes de mudança. Sendo que mudança de cultura ou da realidade sócio-econômica é um processo lento e contínuo.

Ao iniciar qualquer ação de Responsabilidade Social, a organização deve estar ciente de que não pode "abandonar o barco" em qualquer momento. Tão pouco a organização precisa "entrar nesse barco" sozinha. Ela pode formar parcerias com outras organizações. Um fabricante de alimentos pode entrar em contato com seus fornecedores, com instituições de ensino e demais prestadores de serviços e formatar um curso de manipulação de alimentos, por exemplo. Qualificando pessoas que no futuro poderão ser até mesmo colaboradores de uma dessas organizações. Assim pode acontecer com organizações das mais diferentes áreas como saúde, segurança, ensino, produção.

Ao aproximar seus colaboradores da comunidade muito terão contato com realidades até então desconhecidas. Ao contribuir com o próximo, de forma sustentável, muitos descobrirão que possuem talentos de grande valor. E o mais importante, se tornarão pessoas melhores, retornando para a organização, melhores resultados, conquistados por meio da satisfação em fazer parte de uma organização socialmente responsável que procura fazer a diferença na vida das pessoas, dando aos seus colaboradores essa mesma oportunidade.

Reprodução autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado o autor e a fonte como: http://www.institutojetro.com/ e comunicada sua utilização através do e-mail artigos@institutojetro.com.

Leia também:
A melhor estratégia começa pelas pessoas
Trate diferente pessoas diferentes 
Cidadania e Responsabilidade Social

URL: http://www.institutojetro.com/artigos/gestao-de-pessoas/responsabilidade-social-e-a-gestao-de-pessoas.html
Site: www.institutojetro.com
Título do artigo: Responsabilidade social e a gestão de pessoas
Autor: Rafael Favil Santos

Mais Lidos

carregando...

Comentários