Finanças e Contabilidade - Artigos - Instituto Jetro

carregando...
Home > Artigos > Finanças e Contabilidade

Artigos » Finanças e Contabilidade

  • Rodolfo Garcia Montosa

    Segue-me nas finanças

    Histórias de Jesus refletem a mesma cadência para nos ensinar, na essência, que toda a nossa provisão vem do Senhor. Somente ele supre nossas necessidades, dá generosamente, dá mais propósito e relevância ao que fazemos e reflete ao mundo sua glória.

  • Enoque Caló

    Perigo: barcos cheios e barcos vazios

    Assim como podemos morrer com os barcos cheios por ter dificuldade em repartir com os barcos vazios, os donos dos barcos vazios também poderão morrer por falta de provisão. Por isto o alerta serve para os dois grupos.

  • Washington Fazolato Barbosa

    Tempos difíceis exigem sabedoria

    As igrejas, via de regra, dependem exclusivamente de contribuições voluntárias de seus membros e/ou ofertas. Em contextos de crise de empregos, é natural que as entradas sofram queda.

  • Oswaldo Luiz Gomes Jacob

    Generosidade jubilosa

    A generosidade do cristão autêntico é jubilosa. Para aquele que nasceu de novo, contribuir é prazer, deleite, profunda alegria.O Senhor não quer que contribuamos por obrigação, de forma religiosa e mecânica,mas com imenso prazer,movidos pelo amor de Deus.

  • Enoque Caló

    José: o administrador radical

    José, o administrador contratado por Faraó para gerenciar uma crise econômica financeira de grande escala, nos ensina quatro lições necessárias para aplicarmos no tempo de turbulência financeira.

  • Rodolfo Garcia Montosa

    Mover de Deus nas finanças

    Era viúva, pobre, endividada, na iminência de perder seus dois filhos que se tornariam escravos dos credores. Mas em meio à calamidade financeira, Deus moveu-se para dar livramento e provisão.Essa história revela princípios importantes para dias difíceis.

  • Erasmo Vieira

    As mulheres e as finanças

    O problema surge quando não há controle e planejamento das finanças pessoais, quando esse deveria ser o objetivo.Isto gera descontrole financeiro e, por consequência, problemas com pagamento de juros e inadimplência.

  • Marcone Hahan de Souza

    13º Salário do Pastor

    No ambiente das igrejas é comum surgirem algumas dúvidas quanto ao 13º Salário do Pastor. Se é devido? Se é obrigatório? Qual o valor? Qual o prazo para pagamento? Como pagar? Se há a incidência do INSS? Se há a incidência do Imposto de Renda?

  • Marcone Hahan de Souza

    Igrejas e Ongs devem atribuir valor ao trabalho voluntário

    O Trabalho Voluntário deve ser reconhecido pelo valor justo da prestação do serviço como se tivesse ocorrido o desembolso financeiro. Essa disposição consta na nova redação da Interpretação Técnica Geral.

  • Marcone Hahan de Souza

    Igrejas e o Imposto de Renda sobre aplicações financeiras

    Destaca-se que está dispensada a retenção do imposto sobre a renda na fonte sobre rendimentos de aplicações financeiras de renda fixa ou de renda variável, quando a Igreja declarar por escrito sua condição de entidade imune.

  • Rodolfo Garcia Montosa

    Tranquilidade e equilíbrio

    Dois punhados é a medida do exagero, pois implica em ter as mãos ocupadas. Nenhum punhado é a medida vazia para quem cruza os braços. Um punhado é a medida do equilíbrio, uma porção sustentável, que conseguimos alcançar e suportar.

  • Erasmo Vieira

    Dinheiro foi feito para gastar

    Algumas pessoas não dizem que gostam de poupar ou economizar. Contudo, sempre mostro que, mesmo a pessoa que gosta de poupar ou economizar, no futuro usará este recurso poupado para alguma coisa. Portanto, mesmo quem poupa, poupa para gastar!

    01 02 03 04 05 06 07     próximo

Mais Lidos