Artigos

Compartilhe

Liderança Pastoral

Como deixar a igreja numa boa

Quando é um bom tempo para deixar um pastorado? Essa é uma pergunta que deve passar pela cabeça do pastor. Não há resposta simples, cada caso é único, com muitas variáveis, que podem conduzir para o problema ou para a solução.

Você e eu conhecemos pastores que fizeram um bom ministério, mas que ficaram na igreja além do que deviam e terminaram de maneira triste. Você não será lembrado tanto pelo que você fez na igreja, mas pela maneira “como” você saiu dela. Portanto, sair numa boa é extremamente importante.

Qual o melhor tempo para isto acontecer?

Sinais negativos para não sair

· Esperar a igreja estar em perfeitas condições, porque isto nunca acontecerá. As igrejas têm falhas, lacunas, vícios e etc. 
· Quando há oposição. Estamos numa guerra, o inimigo tenta nos apagar, é importante considerar e consultar pessoas neutras ou pastores de fora para oferecerem seus conselhos.
· Quando você está sofrendo por ser líder. Sofrimento é parte da liderança. O líder recebe muito chumbo grosso. Tenha casca grossa, mas avalie por que está recebendo tudo isto!
· Quando os recursos faltam, sejam financeiros ou humanos. Em 95% das igrejas estas coisas faltam.
· Enumeremos outros...

Sinais negativos que são dicas para sair bem

· Quando há uma resistência contínua a novas idéias. Isso significa que a igreja está estagnada e não aberta a mudanças, e não pode haver crescimento sem mudanças, e não há mudanças sem perda, e não há perda sem dor. Não vale a pena brigar.
·  Quando sua família está sofrendo. Lembre-se, sua família é a coisa mais importante nesse mundo. É ela que lhe dá autoridade para exercer um ministério sério. Se ela não está bem na igreja, seja por finanças, críticas ou outra razão qualquer, isto deve ser analisado com profundidade e quem sabe, o melhor é sair bem, sem fazer grande alarde.
·  Quando sua família não está em ordem. Os princípios de II Timóteo e Tito não estão sendo vividos por você e os seus.
·  Quando você fez algo estúpido: perdeu a credibilidade em termos morais, fez mau uso das finanças da igreja; fez mau uso das suas próprias finanças.
·  Quando a sua liderança (pessoal) está esgotada

Reconheça isto antes que a igreja toda comece a orar para Deus lhe transferir para a glória. Você e eu sabemos ou conhecemos pastores que têm ficado além do tempo que deviam.

Logo que você percebe (ou percebem por você) que já não há mais “casamento” entre você e boa parte da igreja, quando você se sente um estranho no ninho ou não está conectando mais com as pessoas.

Sinais positivos que são dicas para sair bem

·  Quando a igreja está em paz;
·  as finanças estão equilibradas;
·  ninguém está pedindo a saída do pastor;
·  a visão do futuro é muito promissora;
·  a igreja tem bons pastores e pregadores;
·  temos homens sérios como líderes;
·  temos um gestor competente e de visão;
·  os ministérios da igreja estão bem liderados.

Isto não significa que a igreja está perfeita, não existe perfeita igreja. Sempre há várias necessidades e muitos ministérios que precisam de liderança e outros ministérios que precisam surgir na igreja. Mas significa que está razoavelmente bem.

Colega de ministério, quando eu  escrevo sobre o sair da igreja ou passar o bastão, eu não estou falando em aposentadoria do ministério. O servo do Senhor jamais se aposenta e vai pescar ou descansar em uma rede à beira do mar ouvindo o barulho das ondas e o cantar dos pássaros. Teremos muito tempo para isto, mas enquanto estivermos por aqui, como forasteiros e peregrinos, temos que estar vivendo à luz de I Coríntios 15, que fala da nossa transição daqui para lá, e depois, de nos levar perto do céu, Paulo diz: “Portanto, meus amados irmãos, sêde firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que no Senhor, o vosso trabalho não é vão.”  I Cor. 15: 58.

,Reprodução Autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado o autor e o site www.institutojetro.com e comunicada sua utilização através do e-mail artigos@institutojetro.com.