Um compromisso diário para o líder - Reflexão - Artigos - Instituto Jetro

carregando...
Home > Artigos > Reflexão > Um compromisso diário para o líder

Um compromisso diário para o líder


Publicado em 19.06.2007

O que não falta na vida um líder são compromissos. Não há como ser líder sem assumir compromissos, que podem ser vastíssimos: planejar, reunir, conversar, pensar, escrever, contar, rever, avaliar, liderar. A vida de um líder é feita de verbos ativos. Não há como fugir disso. A questão é se esses compromissos estão alinhados com as reais necessidades do líder e se de fato contribuem para uma maior eficácia no trabalho de liderar.

Dentre os variados compromissos que exigem a nossa atenção existem alguns que são vitais, questão de vida ou morte para o líder e para os seus liderados. Se forem negligenciados estes compromissos, isso causará mais cedo ou mais tarde a derrota do líder e prejuízos incalculáveis ao seu trabalho. Nesta reflexão quero destacar apenas um desses compromissos vitais e que deve ser um compromisso diário na vida de todo líder que deseja manter-se em forma para ministrar na liderança.

Em Lucas 5.15-16 está escrito:  "Todavia, as notícias a respeito dele se espalhavam ainda mais, de forma que multidões vinham para ouvi-lo e para serem curadas de suas doenças. Mas Jesus retirava-se para lugares solitários, e orava." Aqui vemos Jesus vivendo um momento de grande visibilidade ministerial, sua fama corria toda a região, seus feitos eram propagados em todo os cantos. Certamente, como é de costume, muita coisa deve ter sido aumentada sobre os atos de Jesus, gerando ainda mais curiosidade e fama em sua direção. Ele não buscava estas coisas, mas elas aconteceram naturalmente na medida em que os seus feitos iam se sucedendo pela Palestina.

Em meio a toda aquela agitação típica do trabalho de um líder, vemos Jesus com uma agenda apertadíssima, cheia de compromissos nas mais variadas direções. Mas mesmo sabendo que havia um tempo determinado para cumprir a sua missão primordial, diante de um quadro em que seria tão fácil sucumbir à tirania da urgência e do ativismo, Jesus encontrava tempo para algo que nós também precisamos aprender com ele. Em meio as agitação da vida e do ministério Jesus buscava a solidão de um encontro em oração com o Pai, como um compromisso diário para a vida.

Como líderes que seguem a Jesus como o mestre por excelência, somos lembrados aqui que:

Precisamos de renovo diário na presença do Senhor. Nossas forças precisam ser renovadas. Há muita gente dependendo de nós, temos de ser canais e não fonte. O canal deixa passar a água que vem da fonte e a fonte é o Senhor. Jesus um dia disse que nós somos como os galhos que ligados ao tronco recebem a seiva renovadora que vem de Deus. Sem esta renovação não há vida e nem frutos. O líder tem de ser frutífero, seu trabalho tem de abençoar e isso só é possível de verdade quando somos renovados diariamente pelo Senhor.

Precisamos nos aquietar aos pés do Senhor para ouvir a sua voz. Na quietude da presença do Senhor iremos ouvir a sua voz, receber direção e respostas. Quantas vezes nos vemos em situações em que não sabemos qual é o melhor caminho a seguir! Quem nunca passou por isso? Ou ainda por momentos em que somos confrontados duramente com as nossas limitações como pecadores, salvos pela graça, que têm de liderar outros pecadores salvos pela graça. Ao nos aquietar aos pés do Senhor ouviremos sua voz e receberemos direção segura para a vida.

Precisamos lançar nossos fardos abertamente diante do Senhor. Líder também chora, sente, se abate, sofre, tem dúvidas, precisa de socorro. Diante do Senhor, podemos derramar todo o nosso coração, revelando as realidades mais inquietantes que existem dentro de nós e que podem se tornar barreiras enormes à nossa caminhada como líderes. Na presença de Jesus podemos deixar estes fardos e continuar a vida sem eles. Aos pés do Senhor, tornamo-nos maiores.

Precisamos caminhar bem perto do Senhor para levarmos outros na mesma direção. Quanto mais próximos andarmos do Senhor, mais fácil será inspirar outros a caminharem na mesma direção. Queremos que os nossos liderados estejam sintonizados com os nossos sonhos, metas e visão, daí não é difícil lembrarmos o valor de estarmos cada vez mais próximos do Senhor, pois só assim receberemos mais e mais do seu caráter e inspiração. Quando contemplamos a face do Senhor, levamos luz a outros, nossa vida ganha cor, sentido e propósito. Deixamos de apenas coordenar e passamos a inspirar; deixamos de apenas discursar e passamos a ministrar de fato; deixamos apenas de planejar e passamos a sonhar sonhos abençoadores e abençoados. Passaremos a enfrentar os desafios da jornada com outra atitude porque viveremos na perspectiva da proximidade daquele que pode todas as coisas. Sua presença nos dá segurança, consolo e poder. Como líderes, não podemos ignorar este exemplo de nosso líder maior. Temos de priorizar este compromisso, sob pena de vermos todo o resto de nossas vidas prejudicado .

Dê um jeito! Desmarque outros compromissos, reveja a sua agenda, repense seu ritmo. Além de ter estar atento a outros compromissos vitais como com sua família e com seu descanso, priorize seu tempo diário com o Senhor. Aprenda com Jesus, que não teve nenhum constrangimento em deixar claro diante de seus seguidores este compromisso pessoal com o Pai.

Lembre-se: sem um tempo diário na presença do Senhor, perderemos a eficácia necessária para fazermos diferença diante dos homens.

Reprodução Autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado o autor e o site www.institutojetro.com e comunicada sua utilização através do e-mail artigos@institutojetro.com

URL: http://www.institutojetro.com/artigos/reflexao/um-compromisso-diario-para-o-lider.html
Site: www.institutojetro.com
Título do artigo: Um compromisso diário para o líder
Autor: Ednilson Correia de Abreu

Mais Lidos

carregando...

Comentários